Passar para o Conteúdo Principal

Eurocidade Cerveira-Tomiño confere visão transfronteiriça à 16ª Mostra de Cultivos do Baixo Miño

Mostra cultivos 1 980 2500
12 Março 2019

Com o objetivo de fomentar a dinamização económica transfronteiriça e as relações comerciais entre o Baixo Miño e o Norte de Portugal, a Eurocidade Cerveira-Tomiño vai participar na 16ª Mostra de Cultivos do Baixo Miño, que decorre entre esta sexta-feira e domingo, no Pavilhão de Goián, Tomiño.

Mais de 30 expositores dos sectores agrário, floricultura, planta ornamental, empresas auxiliares, entre outras, marcam presença na 16ª Mostra de Cultivos do Baixo Miño, uma das mais importantes feiras do sector na Comarca do Baixo Miño e área de influência. Organizada pela Asociación Cultivos Baixo Miño (acuBam) e pelo Concello de Tomiño, o Pavilhão de Goián é palco de uma ampla programação que integra também atividades de cariz transfronteiriço.

A Eurocidade Cerveira-Tomiño vai promover um workshop centrado nas oportunidades de formação e emprego no setor agrário em ambas as margens do rio Minho. A intenção é fazer um diagnóstico das necessidades formativas do sector, assim como para informar as empresas das modalidades formativas existentes e promover fórmulas estáveis de colaboração entre empresas, centros educativos e docentes através de intercâmbios, práticas em empresas, visitas… Nesta atividade, na qual participam empresas e centros educativos da Galiza e do Norte de Portugal, também será apresentada uma Bolsa de Emprego Agrária Transfronteiriça promovida pela acuBam. Este workshop está agendado para sexta-feira, entre as 10h00 a 12h00 (hora espanhola).

A programação transfronteiriça desta 16ª Mostra de Cultivos do Baixo Miño fica completa com a jornada técnica sobre ‘O setor agrário como motor de desenvolvimento sustentável no território transfronteiriço Baixo Miño (Galicia)-Norte de Portugal’. Nesta jornada, marcada para sábado a partir das 11h00 (hora espanhola), a subdiretora da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, Susana Mendes, apresentará as conclusões do workshop sobre formação e emprego no setor agrário celebrado no dia anterior.

Entre os participantes nesta atividades estarão representantes e sócios da Asociación de Cultivos do Baixo Miño (acuBam); da Associação para o Desenvolvimento Local, Rural, Agrícola, Florestal e Ambiental de Cerveira; da Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais; docentes do Instituto de Ensino Secundário Antón Alonso Ríos de Tomiño e da Escola Superior Agrária Ponte de Lima; empresas do sector agrário, administrações e pessoas relacionadas com a atividade económica e empresarial.

flyer-cultivos-2