Passar para o Conteúdo Principal

Avança a 2ª fase de substituição de 2000 lâmpadas convencionais por LED

Luminarias led 1 980 2500
06 Junho 2018

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira está a dar continuidade ao processo de substituição de toda a iluminação pública do concelho por lâmpadas com tecnologia LED. A 2ª fase de intervenção arrancou, esta segunda-feira, em mais sete freguesias para trocar 1859 luminárias. Até ao momento, o investimento é superior a meio milhão de euros, com recurso a fundos comunitários e parcerias.

Em 2015, o Município cerveirense deu o primeiro passo em prol da eficiência energética alargada a todo o território. A 1ª fase de substituição da IP para LED decorreu nas freguesias de Candemil, Gondar, Mentrestido, Nogueira e Sapardos, e nos dois polos industriais de Vila Nova de Cerveira. Foram substituídas cerca de 900 luminárias, fruto de uma candidatura lançada ao POVT pela autarquia cerveirense em parceria com a CIM Alto Minho, na ordem dos 200 mil euros, comparticipada em 85%.

Prossegue agora uma nova fase, financiada pelo Plano de Promoção à Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC 2017-2018), tendo sido a única candidatura apoiada no Alto Minho. O investimento é de cerca de 350 mil euros, suportados pela Câmara Municipal e a EDP Comercial – Comercialização de Energia, S.A., para as freguesias de Sopo, Gondarém, Loivo, Vila Meã, Campos, Cornes e Nogueira. Iniciada esta segunda-feira, a execução destes trabalhos deve estar concluída no final do mês de julho, perspetivando-se poupanças anuais na ordem dos 55 mil euros.

Para além de melhorar o serviço de iluminação pública em todo o concelho e de reduzir a fatura energética, esta aposta na tecnologia LED vem, de acordo com o autarca cerveirense, “dar resposta a um dos maiores anseios da população, aumentando o sentimento de segurança na via pública, com recurso a uma solução inovadora, económica e mais amiga do ambiente". Fernando Nogueira sublinha que a poupança alcançada será reaplicada em benefício das populações, mantendo a iluminação pública sem interrupções durante o período noturno.

A concretização destas duas fases abrange 12 das 15 freguesias (mediante o mapa administrativo anterior à reorganização), num total de 3000 luminárias substituídas, para uma poupança anual na ordem dos 80 mil euros na fatura energética. Entretanto, na freguesia de Covas e na EN 13, entre os limites do concelho (Vila Meã a Gondarém), a EDP Distribuição SA. já tem o processo de substituição de luminárias em curso, através de investimento próprio.

De futuro, e de forma a concluir este processo, fica a faltar a freguesia sede do concelho e Reboreda, recorrendo às verbas disponibilizadas pelo Portugal 2020 para a eficiência energética.