Passar para o Conteúdo Principal

União Europeia aprova investimento de 200 mil euros para dois projetos apresentados pelo Município

Bandeira da uniao europeia 1 980 2500
2019/10/14

Candidato na qualidade de coordenador, o Município de Vila Nova de Cerveira acaba de ver aprovados dois projetos europeus de promoção da cidadania transfronteiriça e coesão social, submetidos ao Programa Europa para os Cidadãos. No total, 20 organizações de 18 países da Europa vão trabalhar, em conjunto, no ‘BRIDGE’ e ‘THRUST’ para debater e definir ideias que possam minimizar o euroceticismo e a xenofobia em contexto europeu, analisando a imigração.

Com um consórcio composto por 16 organizações de 16 países, o projeto ‘BRIDGE - Building Relationships Into a Democratic Goal for Europe’ foi desenhado tendo em conta o contexto territorial – integração de organizações de países vizinhos. Com base nessa realidade geográfica, os parceiros partilham a mesma vontade de promover uma cidadania transfronteiriça e uma coesão social além-fronteiras, fortalecendo o sentimento de solidariedade entre membros europeus e países vizinhos e reforçando o espírito de solidariedade entre os cidadãos.

Desta forma, ao longo de 24 meses, Portugal, Espanha, Eslovénia, Croácia, Bulgária, Sérvia, Itália, Malta, Polónia, Lituânia, Letónia, Estónia, Hungria, Eslováquia, Grécia e Albânia propõem-se a analisar as causas que fomentam o sentimento xenófobo generalizado em muitos países, apresentando possíveis soluções para garantir que as regiões transfronteiriças da União Europeia possam, através dos seus próprios meios, melhorar a cidadania europeia, tendo como boa prática o caso do projeto Eurocidade Cerveira–Tomiño. O ‘BRIDGE’ terminará, em outubro de 2021, com a assinatura de um acordo entre os parceiros, que estabelecerá uma rede permanente de colaboração a nível europeu.

O segundo projeto aprovado - ‘THRUST - Trusting in Human Resources for Union Solidarity and Teamwork’ - nasceu da motivação do Município de Vila Nova de Cerveira e dos parceiros envolvidos - de Espanha, Suécia, Polónia, Alemanha, Letónia e Itália – em torno da partilha das suas experiências no voluntariado, baseando-se em políticas de acolhimento e integração, através de um meeting que reunirá todos os parceiros representados já nos próximos dias, em Vila Nova de Cerveira, entre 24 e 28 de outubro. Durante este encontro, os parceiros envolvidos são desafiados a debater, a compilar ideias e apresentar potenciais soluções para sensibilizar os cidadãos para o fenómeno das migrações e fortalecer os laços entre os países participantes. Considerada a importância do voluntariado, a meta será representada por jovens voluntários, ONGs e minorias religiosas que podem ser um exemplo de como alcançar os objetivos da integração.

Reforçando o interesse e a preocupação pelas questões europeias, o Município de Vila Nova de Cerveira tem-se envolvido, desde 2015, na concretização de 14 projetos europeus, cinco dos quais na qualidade de coordenador.

O mais recente investimento aprovado e financiado diretamente pela União Europeia para a concretização do ‘BRIDGE’ e do ‘THRUST’ ronda os 200 mil euros, no âmbito do Programa Europa para os Cidadãos.