Passar para o Conteúdo Principal

Cerveira celebra riqueza artística, cultural e biológica da Camélia José Rodrigues e de outras espécies

Cartaz ii exposicao de camelias 2020 1 980 2500
2020/01/22

É amplamente conhecida a ligação artístico-cultural do Mestre José Rodrigues a Vila Nova de Cerveira, mas não tanto o seu contacto com a camélia que resultou na atribuição do seu nome a um cultivar desta flor de inverno. Homenageando o artista e promovendo o conceito de vila ajardinada, a Câmara Municipal e a Associação Cultural Convento de San Payo propõem a II Exposição de Camélias, nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Salão Multiusos do Cineteatro (Factory).

Homem de desafios, o Mestre José Rodrigues aceitou, em 2015, o convite da Câmara Municipal do Porto para desenhar, para uma serigrafia, centrada na camélia, e que viria a ser exibida na emblemática Exposição de Camélias do Porto (em 2020 comemora-se a XXV edição). No ano seguinte, e como forma de agradecimento pelo contributo artístico-cultural em prol da promoção da flor, a Associação Portuguesa de Camélias - parceiro desta exposição - criou um cultivar com o nome de José Rodrigues, uma homenagem realizada ainda em vida. Há ainda uma correlação singular, pois a Camélia é uma flor que veio do Oriente há mais de 200 anos para embelezar os jardins, e é conhecida a paixão do Mestre José Rodrigues pelos encantos orientais e que se repercute nas suas coleções particulares, visitáveis no Convento San Payo.

E é deste conjunto de relações que o executivo cerveirense avançou, em 2019 e mantendo este ano, com a organização partilhada de um evento que visa celebrar a Camélia José Rodrigues e as Camélias de Inverno, através da promoção de jardins, viveiros e criadores de novos cultivares, dando a conhecer este património biológico e cultural.

Do programa da II Exposição de Camélias de Inverno de Vila Nova de Cerveira constam dois workshops de arte floral, uma intervenção artística de pintura de guarda-chuvas e um atelier de pintura em gesso da Camélia de José Rodrigues “Faz a tua Camélia”. À vertente floral e artística, a camélia apresenta-se como uma riqueza biológica e até gastronómica. Por exemplo, o chá é uma bebida comum que pouca gente sabe a sua proveniência. O chá advém das folhas de Camellia sinensis, uma espécie de planta arbustiva. A planta do chá pertence ao mesmo género que as belas camélias ornamentais. Neste sentido, é possível assistir ao workshop “Chá de Camélia” dinamizado por Nina Gruntkowski, com posterior degustação de chá e de bolo de camélia.

A riqueza artística, cultural e biológica das camélias também serve de mote para a dinamização de atividades dirigidas a todas as idades, nomeadamente com música através de um Concerto Classe de Conjunto da Associação Musical de Vila Nova de Anha e de uma Ópera Flash pela Academia de Música Fernandes Fão.

Os interessados em participar como expositores devem consultar o Regulamento II Exposição Camélias Vila Nova de Cerveira e preencher o Ficha de Inscrição específico. O evento acontece nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Salão Multiusos de Cineteatro de Cerveira (Factory), tendo como parceiro a Associação Portuguesa de Camélias, e a colaboração de entidades locais.

Programa:

  • Dia 08/02 (sábado)

15h00: Abertura da II Exposição de Camélias de Inverno
15h00 - 15h30: Workshop de arte floral ao som do saxofone - Miguel e Filipe Barroso – Anthurium Flores
16h00: Entrega de Prémios
16h15 - 17h00: Concerto Classe de Conjunto da Associação Musical de Vila Nova de Anha
17h00 - 18h00: Intervenção artística: Pintura de guarda-chuvas
18h00 - Encerramento

  • Dia 09/02 (domingo)

10h30 - Abertura da II Exposição de Camélias de Inverno
10h30 - 13h00: Atelier de pintura em gesso da Camélia de José Rodrigues “Faz a tua Camélia”
14h30 - 16h00: Workshop de arte floral - Miguel e Filipe Barroso - Anthurium Flores
16h00 - 16h30: Ópera Flash - Academia de Música Fernandes Fão
16h30 - 17h30: Workshop “Chá de Camélia” por Nina Gruntkowski, com degustação de chá e bolo de camélia
17h30 - Encerramento

#JoséRodrigues#camélias#arte
Gabinete de Comunicação