Passar para o Conteúdo Principal

Presidente da Câmara Municipal enaltece vitalidade da corporação de bombeiros do concelho

85 aniversario bombeiros 1 980 2500
2020/02/10

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira celebrou, este domingo, 9 de fevereiro, 85 anos de atividade, com uma cerimónia carregada de simbolismo. Discursos com mensagens sobre o presente e futuro da corporação e a bênção de duas novas viaturas, que já se encontram ao serviço da população, marcaram a efeméride.

O edil cerveirense sublinhou que “estes 85 anos representam a vitalidade de uma associação que em boa hora foi fundada e que é herdeira de uma tradição de assistência e voluntariado com mais de 100 anos no concelho”. Fernando Nogueira disse, no entanto, que, “provavelmente face às condições económicas difíceis que o país tem vindo a enfrentar, o poder central não tem reconhecido o trabalho dos bombeiros, estando a faltar com os meios necessários para uma função cada vez mais exigente e complexa, que precisa de apoio social, moral e financeiro”. E ressalvou: “Efetivamente os bombeiros são merecedores de todo o reconhecimento por parte de todos”.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira abordou a falta de recursos humanos como a “grande preocupação” dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira. “Há muita dificuldade em atrair voluntários para os bombeiros, porque cada vez é mais exigente e as pessoas têm cada vez menos tempo”, justificou. António Machado reiterou o incentivo aos homens e mulheres bombeiros que “podem e devem empenhar-se mais e melhor para que haja uma melhor distribuição e harmonização de esforços para assim se prosseguir sem vacilar”.

Por sua vez, o presidente da direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, Fernando Venade, agradeceu todo o esforço do corpo ativo, bem como o apoio dado pela autarquia local, deixando o apelo para a população continuar a ajudar.

A presente cerimónia do 85º aniversário contou ainda com a promoção de duas jovens a bombeiras de 3.ª, e com a bênção de duas novas viaturas adquiridas e que já se encontram ao serviço da população.

Atualmente com 50 elementos, mais três da estrutura do comando, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira procedeu à abertura, em 2019, da Escola de Infantes e Cadetes dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, que conta com 23 elementos, entre os 6 e os 16 anos.

#aniversario#bombeiros
Gabinete de Comunicação