Passar para o Conteúdo Principal

“Bom Dia Sr. Presidente, eu sou o António e venho apresentar a minha proposta”

Img 0387 1 980 2500
2020/03/05

Espaços escolares, estradas municipais e parques infantis das freguesias foram algumas das áreas identificadas pelas 22 crianças intervenientes do 1º ciclo dos centros escolares de Campos e de Cerveira, durante as primeiras sessões de atendimento com o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, e vereadores Vitor Costa e Pedro Soares, no âmbito do projeto letivo “A Nossa Voz”. Objetivo final é compilar as propostas que serão apresentadas numa Assembleia Municipal extraordinária.

O cenário foi o mais próximo de uma sessão de Assembleia Municipal, desde a receção e a ordem de trabalhos a decorrer em pleno Salão Nobre dos Paços do Concelho, com a presença do executivo municipal e com os ‘mini-deputados’ a fazer as suas intervenções no parlatório. Foi um misto de emoções, por um lado a alegria de serem recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal, e por outro lado, de algum nervosismo por terem de expor publicamente os aspetos positivos, mas também os negativos da freguesia de residência.

“Bom Dia Sr. Presidente, eu sou o António e venho apresentar a minha proposta”. E foram 22 intervenções, algumas a convergir na melhoria dos parques infantis das freguesias, na contínua manutenção dos espaços escolares, e na necessidade de resolver problemas de alguns acessos e estacionamento. Procurando responder a todas as intervenções, o Presidente da Câmara Municipal explicou aos pequenos munícipes cerveirenses como se processa a gestão do orçamento de uma autarquia e as suas competências, recorrendo a metáforas de histórias infantojuvenis para criar uma melhor perceção.

No final das duas sessões desta manhã, o edil cerveirense sublinhou a apresentação de “algumas propostas com uma visão uns passos à frente, reveladoras da ambição das nossas crianças”. Fernando Nogueira reiterou a importância deste projeto de cidadania ativa, “de auscultação das aspirações das crianças que são o nosso futuro, geradoras de ideias muito próprias e portadoras de recomendações discutidas no seio familiar. Este é um projeto de oportunidades para suscitar um maior interesse pela vida pública e política”.

O diretor do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira felicitou as crianças pelo papel interventivo na resolução de problemas que sentem no dia a dia. “Este é um projeto de criação de ideias e que cativa o envolvimento da comunidade”, afirmou Artur Venceslau Teixeira, elogiando o trabalho de excelência desenvolvido pelos professores e alunos, além da recetividade da Câmara Municipal.

Idealizado pelos Professores Mário Afonso e Rui Fernandes, “A Nossa Voz” é um projeto letivo que abrange todos os 170 alunos do 3º e 4º anos do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira na concretização de um exercício democrático e cívico: conversar com o Presidente da Câmara Municipal sobre o que está bem e o que pode ser melhorado no território cerveirense.

Após a realização das oito sessões de atendimento, durante o mês de março, o projeto culmina com o agendamento de uma sessão extraordinária da Assembleia Municipal para a apresentação e debate dos temas aos deputados municipais, recomendando a sua resolução.

#escolas#cidadaniaativa#anossavoz
Gabinete de Comunicação