Passar para o Conteúdo Principal

Investimento de 1.4ME permite atingir 93% da cobertura de abastecimento de água em Covas

3 fase agua covas 1 980 2500
2021/03/24

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira viu aprovada mais uma candidatura com vista à melhoria do sistema de abastecimento de água na Freguesia de Covas, contemplando a construção de 22km de rede para servir 505 habitações, do universo das 635 segundo os Censos de 2011. A obra, que iniciou a 17 de março, tem um investimento de 1.4ME, financiado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) com comparticipação do Fundo Coesão em cerca de 735 mil euros.

Com mais de 40 anos, a rede de abastecimento de água da Freguesia de Covas consistia num sistema autónomo com 26 captações de água para o consumo humano, sem a necessária e permanente manutenção. As caraterísticas únicas ao nível da orografia do terreno não garantiam água em quantidade e em qualidade à população pelo que, desde o dia 1 de janeiro de 2020, a gestão deste sistema de abastecimento de água passou para a alçada da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, sob o compromisso de fazer investimentos muito significativos na expansão, renovação e modernização da rede de água.

Neste momento, estão concluídas duas fases, num investimento de mais de 1.4ME, relativas à instalação da rede de distribuição de abastecimento de água, da implementação do sistema de drenagem de águas residuais domésticas, e da construção de dois reservatórios de grande capacidade para a adução desses mesmos reservatórios e à instalação de contadores.

A presente empreitada já iniciada, e cujo prazo de execução é de 12 meses, visa a construção de infraestruturas de abastecimento de água em Covas, permitindo atingir 93% da cobertura de abastecimento de água na freguesia. Atualmente, as infraestruturas existentes e em funcionamento, construídas no âmbito do sistema em ‘baixa’, não abrangem a totalidade da população residente em quantidade e em qualidade, pelo que se tornou imprescindível a extensão do serviço à área de influência dos sistemas designados de Covas Norte e Covas Sul.

Com a realização deste investimento de 1.4ME, o encerramento do sistema de abastecimento de água de Covas fica condicionado à concretização da extensão de rede a três pequenos aglomerados populacionais, nomeadamente, Chãos, Ledo e Vilarinho. Não menos importantes, atendendo à universalidade do serviço de água, a não inclusão na presente empreitada prende-se com o facto de se tratar de subsistemas autónomos.

#câmara#obras#água
Gabinete de Comunicação