Passar para o Conteúdo Principal

Comissão Europeia identifica projeto In Common Sports como Boa Prática e Caso de Estudo

Img 5912 1 980 2500
2021/04/12

De entre 90 programas e projetos relacionados com a área do desporto intergeracional implementados em vários países da União Europeia, o projeto cerveirense In Common Sports foi eleito uma das 15 boas práticas europeias neste domínio e considerado um caso de estudo. Este reconhecimento integra o estudo “Mapping Study on the Intergenerational Dimension of Sport”, promovido pela Direção-Geral da Educação, Juventude, Desporto e Cultura da Comissão Europeia.

Os autores do estudo identificaram entre três a quatro projetos relevantes em cada país da União Europeia com foco específico no aumento da participação no desporto de seniores e jovens e que promovam a aprendizagem intergeracional. Numa primeira fase, foram identificados mais de 90 programas e projetos que, após analisados com maior detalhe, incluindo a realização de entrevistas, resultou na publicação de 15 casos no relatório final.

Um dos argumentos que sustentam este resultado para Vila Nova de Cerveira é o “bom exemplo de sustentabilidade”. Apesar de ter sido originalmente planeado como um evento único, o projeto In Common Sports, liderado pelo Município cerveirense, conquistou uma grande popularidade entre os participantes e incentivou os municípios envolvidos a realizar edições nos anos subsequentes, atendendo ao interesse e motivação manifestados pelos seniores. O estudo agora publicado pela Comissão Europeia pode ser consultado online.

De sublinhar que o sucesso das Olimpíadas Intergeracionais – ‘Olympics4All’, em 2015, desencadeou uma atualização mais abrangente do projeto, consubstanciada no ‘In Common Sports’, entre 2018 e 2020. Concluída esta segunda versão, a recetividade e o impacto gerados a nível europeu alavancou a necessidade de aprofundar conhecimentos e consolidar o projeto através de novas abordagens, mantendo a colaboração preponderante dos municípios do Alto Minho.

Assim, a terceira versão das Olimpíadas Intergeracionais, candidatada ao programa europeu Erasmus + Sport, com a designação ‘In Common Sports +: Fit, Food and Fun for Elderly’ recebeu no passado mês de outubro luz verde, com um investimento de 350 mil euros. Com implementação entre 2021 e 2023, o objetivo é realizar, em seis países parceiros, 18 eventos desportivos, duas sessões de treino semanais e envolver mais de 500 seniores.

Perante o aumento do índice de envelhecimento da população mundial e as implicações para todos os setores da sociedade, especialmente na área da saúde pública, a essência deste projeto é ampliar o interesse e a participação desportiva ativa entre os seniores, em particular das áreas rurais, promovendo estilos de vida saudáveis.

Link do estudo

Fotografia de 2015

#desporto#câmara#comunidade
Gabinete de Comunicação