Passar para o Conteúdo Principal

Aprovados 370 mil euros para três IPSS’s do concelho

Ipss 1 980 2500
2021/05/17

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira apoiou a formalização de três candidaturas recentemente aprovadas pelo Norte 2020 para obras de beneficiação e requalificação dos edifícios do Centro Paroquial de Promoção Social e Cultural de Reboreda e da Associação de Desenvolvimento Social e Local de Vila Nova de Cerveira, e de apetrechamento da ERPI da Santa Casa da Misericórdia do concelho. Intervenções vão beneficiar 140 utentes, num investimento total de 370 mil euros, comparticipado pelos fundos comunitários e pela autarquia.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira realça a importância destas verbas para a área social, “já por natureza frágil, e que a Covid-19 despoletou a necessidade de implementar novas medidas com caráter permanente”. “A pandemia trouxe custos acrescidos para as Instituições Particulares de Solidariedade Social, obrigadas a relegar para segundo plano projetos necessários, para os quais a autarquia tem de ser sensível e juntar-se ao esforço das IPSS’s, de forma a contribuir para aumentar os níveis de conforto dos utentes e colaboradores, assim como a sustentabilidade dos equipamentos sociais”, assegura Fernando Nogueira.

Dos três projetos aprovados, o mais amplo diz respeito ao Centro Paroquial de Promoção Social e Cultural de Reboreda, quer pela verba envolvida (231 mil euros), quer pelo prazo de execução (março de 2022). Trata-se da ampliação do edifício para a criação de quatro salas de visita, que acolhe a estrutura residencial para pessoas idosas, o centro de dia e o serviço de apoio domiciliário, bem como da requalificação dos sistemas de aquecimento central e de aquecimento de águas quentes sanitárias.

A beneficiação do Edifício de Centro de Dia na Freguesia de Gondarém, pertencente à Associação de Desenvolvimento Social e Local de Vila Nova de Cerveira (ADSL), também recebeu luz verde, num investimento de cerca de 53 mil euros. Entre junho e julho, estão previstos decorrer os trabalhos a incidirem na climatização e ventilação do edifício.

Por sua vez, a Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira foi contemplada com um pouco mais de 85 mil euros para a colocação de mobiliário nos quartos do Lar Maria Luísa, além do apetrechamento com equipamento de apoio na cozinha e na lavandaria.
Enquadradas no Plano Estratégico - Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Alto Minho, com financiamento do Programa Operacional Regional do Norte 2020, as três candidaturas comportam um investimento total a rondar os 370 mil euros, comparticipados em 287 mil euros pelo FEDER e cerca de 60 mil euros suportado pelo orçamento da Câmara Municipal.

montagem

#social#covid19#ipss
Gabinete de Comunicação