Passar para o Conteúdo Principal

XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira

275563970 5082071711860443 1008029822123280426 n 1 980 2500
2022/07/21

2022 é ano de XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira. Entre 16 de julho e 31 de dezembro, Vila Nova de Cerveira é palco deste certame dedicado à produção artística contemporânea. No total são apresentadas cerca de 270 obras, de cerca de 318 artistas de 29 países.

Assinalando 44 anos, a bienal de arte mais antiga da Península Ibérica quer agir e colocar os artistas a pensar o mundo e as suas emergências globais. Através do tema “WE MUST TAKE ACTION / DEVEMOS AGIR” pretende-se refletir sobre questões urgentes como o ambiente e a sustentabilidade, um desafio que lançamos à comunidade artística e ao público em geral.

Com direção artística de Helena Mendes Pereira, o evento adota genericamente o modelo de 1978, com algumas novidades nas orientações programáticas: homenagem a Helena Almeida, país convidado - Japão, concurso internacional, artistas convidados, conferências internacionais, residências e intervenções artísticas, atividades em todo o concelho de V. N. de Cerveira, polos de exposição no Minho e na Galiza, projetos curatoriais, oficinas e visitas orientadas e arte em espaço público.

A singularidade estética do evento reside também na diversidade de narrativas e interpretações, apresentadas em diferentes contextos. Para além da integração de trabalhos no espaço público da ‘Vila das Artes’, e contribuindo para a descentralização cultural, o evento volta a expandir-se pelo Norte de Portugal e Galiza, com exposições em: Alfândega da Fé (Casa da Cultura Mestre José Rodrigues), em Caminha (Museu Municipal), em Monção (Galeria de Arte do Cine Teatro João Verde), em Vila Verde (Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela) e em Pontevedra (Museo de Pontevedra).

Reforçando a internacionalização do evento, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira dá continuidade ao processo de transformação digital, programando o evento, simultaneamente com exposições e eventos de fruição presencial e online (entrevistas, visitas guiadas, transmissão de intervenções artísticas e de outras ações no âmbito do pensamento).

De referir que, nas últimas décadas, a Bienal Internacional de Arte de Cerveira tem-se afirmado como um dos acontecimentos mais marcantes das artes plásticas no nosso país, sendo um evento de referência para a cultura artística nacional e internacional.

O evento integra a candidatura “Fundação Bienal de Arte de Cerveira: a Arte Contemporânea integrada na sociedade e no mundo” (2020 – 2021 – Apoio Sustentado – Artes Visuais), que conta com o apoio da República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes.

Espaços e horários