Passar para o Conteúdo Principal

PAPERSU 2020: Município reforça compromisso na redução, reciclagem e valorização dos resíduos

Papersu 2020  munic pio refor a compromisso na redu  o  reciclagem e valoriza  o dos res duos 1 980 2500
2015/04/14

Continuando a investir na educação para a sustentabilidade em matéria de gestão integrada de resíduos, o Município de Vila Nova de Cerveira aprovou recentemente o seu plano de ação PERSU 2020 – PAPERSU 2020. O documento prevê, para o período 2015-2020, um crescimento superior a 40% na reutilização e reciclagem e nas retomas com origem na recolha seletiva.
Vila Nova de Cerveira partilha com os restantes acionistas do Sistema de Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (SGRU) da Valorminho, a responsabilidade de contribuir para o cumprimento das metas a que esta se propõe e aquelas às quais o PERSU 2020 (Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos) a vincula. Neste sentido, o presente Plano de Ação representa uma continuidade da estratégia que tem vindo a ser implementada pelo Município cerveirense, constituindo um importante desafio, não só em matéria de investimento em novas infraestruturas, equipamentos e projetos mas, acima de tudo, no que respeita ao desenvolvimento de novas dinâmicas e condições que visam a alteração comportamental da comunidade.   
Consciente desse desafio, a autarquia de Vila Nova de Cerveira desenvolveu uma estratégia de acompanhamento baseada em indicadores de avaliação da eficácia das medidas a implementar, que dotará o Município da capacidade de efetuar as devidas revisões e reajustamentos ao plano, bem como avaliar o sucesso da estratégia de gestão de RU municipal.
Á semelhança do que acontece no panorama nacional, também em Vila Nova de Cerveira se verifica que o aterro assume um papel preponderante nas operações de gestão de resíduos urbanos - cerca de 93 % do total de RU recolhidos em 2014 -, sobrepondo-se consideravelmente à solução de reutilização e reciclagem, com prejuízos a nível ambiental e socioeconómico.
Neste contexto, o documento aprovado emerge de um quadro de preocupações focado, primordialmente, na prevenção da produção e na promoção da separação seletiva, procurando explorar o potencial da RS 3F/RUB, absorvido na recolha indiferenciada atualmente destinada a aterro. A estratégia adotada prevê que Vila Nova de Cerveira venha a registar, no horizonte 2020, por um lado, uma fração de 12% na RS 3F total do SGRU, correspondente a um crescimento de 43% face ao valor registado em 2014 e, por outro, uma capitação de retomas com origem na recolha seletiva de 46 kg/hab em 2020, equivalente a uma variação de 46% face a 2014.
Em suma, o plano de ação 2015-2020 do Município de Vila Nova de Cerveira procura refletir o seu compromisso de participação, apresentando medidas cujos resultados expectáveis vão ao encontro das necessidades dos quantitativos do sistema para o cumprimento das metas, entre as quais se destacam o reforço da aposta na comunicação e sensibilização, a atuação ao nível da recolha seletiva de pequenos perigosos e de resíduos verdes, o reforço do número de infraestruturas de deposição seletiva 3F, e a implementação de novos projetos que promovam a separação seletiva e adesão aos sistemas de reciclagem.