Passar para o Conteúdo Principal

Parceria da autarquia e da ESDL-IPVC possibilita ginástica no ensino pré-escolar

Parceria da autarquia e da esdl ipvc possibilita gin stica no ensino pr  escolar 1 980 2500
2015/03/17

Porque é de pequenino que se aprende a importância do exercício físico para uma vida saudável, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e a Escola Superior de Desporto e Lazer (ESDL) do IPVC estão a implementar, pela primeira vez no concelho, um novo projeto de motricidade infantil direcionado para o ensino pré-escolar. Sessões gratuitas já arrancaram e decorrem duas vezes por semana.
Enquanto fator de desenvolvimento social e humano, o desporto é uma área fundamental de atuação da autarquia cerveirense. Com o desporto escolar a proporcionar atividade física a crianças desde o 1º ciclo até ao secundário, o Município tem promovido um conjunto de iniciativas e apostado em parcerias para atingir todas as faixas etárias.
Na continuidade dos diferentes projetos de atividade física realizados em colaboração com o IPVC, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu agora apostar no ensino pré-escolar. Ao todo o projeto envolve todas as crianças dos estabelecimentos de ensino público do concelho, na promoção de exercício físico gratuito adaptado a este grupo etário.
“Sentiu-se a necessidade de colmatar uma lacuna no desenvolvimento de competências motoras básicas, psicomotoras e psicossociais. A motricidade infantil abarca um conjunto de iniciativas no âmbito da atividade física e educativa que também contribui para mostrar aos meninos a importância da atividade física no dia-a-dia”, assegura a vereadora com o pelouro da educação, Aurora Viães.
Os objetivos do projeto, que arrancou neste mês de março, foram traçados em concordância com os técnicos de desporto da autarquia, o IPVC, a direção do agrupamento e as educadoras, de forma a proporcionar dois momentos semanais de estimulação motora infantil a todas as turmas de educação de infância. 
Numa primeira fase, as sessões são assegurados pelos técnicos municipais especializados em desporto e acompanhados pelas educadoras, mas a intenção é que, no próximo ano letivo, sejam as educadoras a desenvolver o projeto de forma autónoma. Posteriormente, o programa de motricidade infantil de Vila Nova de Cerveira será alvo de uma avaliação das crianças antes e depois, para a verificação de resultados obtidos.