Passar para o Conteúdo Principal

Cerveira e Tomiño dinamizam semana em prol da cidadania ativa

Cartaz   europa sem fronteiras 1 980 2500
2015/09/15

“Ponte da Amizade – Europa Sem Fronteiras” é o nome do projeto dinamizado, entre esta terça-feira e domingo, pelos Concelhos de Vila Nova de Cerveira e Tomiño, no âmbito da Carta da Amizade. Cinema, conferências, exposições, desporto, gastronomia, jornadas, música e teatro fazem parte de um programa de atividades que visa sensibilizar os cidadãos para uma participação mais ativa na integração europeia.
As relações de amizade e de intercâmbio entre as localidades vizinhas de Cerveira e Tomiño remontam há várias décadas. As populações e os representantes políticos cedo perceberam a existência de pontos comuns em vários setores, muitos deles fomentados pelas políticas europeias e que, no presente e no futuro, é imperativo continuar a fomentar.
Perante os desafios económicos atuais e o desenvolvimento de outras áreas fundamentais para uma boa qualidade de vida, o projeto “Ponte da Amizade - Europa Sem Fronteiras” surge como uma oportunidade de consolidar a cooperação existente, transmitindo a mensagem de que todas as opiniões são importantes para o desenvolvimento das políticas comunitárias.
Dirigido às comunidades e entidades de Portugal e da Galiza, o conjunto de atividades programadas para esta semana centra-se na cultura e no desporto, tendo presente a convergência histórica e identitária (como a gastronomia e o folclore), bem com o desenvolvimento socioeconómico baseado nos valores endógenos de cada localidade.
Ao longo da semana, destaque para teatro, música e umas jornadas escolares sobre o impacto presente e futuro das políticas europeias na vida dos cidadãos. Todas as atividades são gratuitas. O sucesso deste projeto depende do papel ativo dos cidadãos, canalizado principalmente através da participação do tecido associativo tanto de Cerveira como de Tomiño.
Coordenado pelos dois concelhos, no âmbito do programa comunitário “Europe for citizens”, “Ponte da Amizade – Europa Sem Fronteiras” contou com o apoio técnico do Agrupamento Europeu de Cooperação Transfronteiriça Galiza-Norte de Portugal.