Passar para o Conteúdo Principal

Cerveira de luto pela morte do Mestre José Rodrigues

800 1 980 2500
2016/09/10

Faleceu o prestigiado artista e amigo de Vila Nova de Cerveira, o Mestre José Rodrigues, aos 79 anos de idade, considerado um dos maiores nomes das artes plásticas portuguesas.

A notícia da sua morte representa uma perda irreparável para a cultura nacional e internacional e, muito em particular, para Vila Nova de Cerveira, concelho ao qual esteve intimamente ligado por ter sido um dos fundadores da reconhecida Bienal Internacional de Artes e deixar um valioso legado artístico que sempre honrou a ‘Vila das Artes’.

“Será sempre lembrado em Vila Nova de Cerveira com muita estima, carinho e deixa uma eterna saudade. Se Cerveira é conhecida como ‘Vila das Artes, muito deve a esta personalidade que ficará para sempre ligada à história e identidade cerveirenses. Um artista, um bom homem e um grande amigo de quem, entre várias virtudes, saliento a sua verdadeira paixão pelas obras de arte, desprendida da vertente comercial”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira.

O Município de Vila Nova de Cerveira expressa as mais sinceras condolências à família, amigos e toda a comunidade artística.

O Mestre José Rodrigues, escultor e artista plástico, nasceu em Luanda, Angola, a 28 de outubro de 1936. Realizou os seus estudos artísticos na Escola Superior de Belas-Artes do Porto, onde concluiu o curso de Escultura (1963). Em 1968, com os colegas Ângelo de Sousa, Armando Alves e Jorge Pinheiro, que com ele terminaram o curso com a classificação máxima, formou o grupo ‘Os Quatro Vintes’.

Foi um dos fundadores da Cooperativa Cultural Árvore, no Porto e um dos promotores da Bienal de Arte de Cerveira, tendo sido diretor geral da 6.ª edição (1988). Desde 1964 que tinha exposições individuais em diversas cidades do país e no estrangeiro. Além da escultura dedicou-se igualmente a outras expressões artísticas. Fez ilustração para livros de escritores e poetas como Eugénio de Andrade, Jorge de Sena, Vasco Graça Moura. Produziu cerâmica e medalhística.

O funeral do Mestre José Rodrigues está agendado para amanhã, domingo, pelas 11h00, em Matosinhos.