Passar para o Conteúdo Principal

Dia do Município homenageou empreendedorismo, cidadania, cultura, desporto e serviço público

Img 20161001 153313 1 980 2500
2016/10/03

Vila Nova de Cerveira assinalou, este sábado, mais um Dia do Município agraciando um conjunto de entidades e personalidades pelo papel preponderante no desenvolvimento e afirmação do concelho nas mais diversas áreas de atuação. Bombeiros, empresas e empresários, cidadãos, associações culturais, desportistas e trabalhadores municipais foram reconhecidos pelo Município em sessão solene.

Perante uma grande participação de cerveirenses, as comemorações que assinalam a atribuição da Carta do Foral do Rei D. Dinis a Vila Nova de Cerveira, a 01 de outubro de 1321, iniciaram com o hastear das bandeiras nos Paços do Concelho, ao som do Hino Nacional pelo Coro Infantojuvenil e Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira, perante a guarda de honra dos Bombeiros Voluntários.

De seguida foi entregue, no quartel dos Bombeiros Voluntários, a medalha municipal de bons serviços a 18 elementos do Corpo Ativo dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira que completaram 15 e 25 anos de serviço, tendo sido reconhecida a dedicação e o altruísmo de cerveirenses que se dedicam à defesa dos seus conterrâneos.

O período da tarde ficou reservado para a cerimónia solene de imposição da Medalha de Honra do Município à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, o mais prestigiado reconhecimento municipal, e a entrega de Medalhas de Mérito e Menções Honrosas, nomeadamente a nove empresas sedeadas no concelho há mais de 14 anos e com mais de 100 postos de trabalho; dois empresários no ativo, com mais de 75 anos de idade e 40 anos de serviço; dois cidadãos com contributos meritórios na cultura e causas públicas; duas associações que completaram 15 anos de existência; quatro jovens atletas com resultados meritórios; e os trabalhadores municipais que completaram 35 ou mais anos, e 25 ou mais anos de serviço, de acordo com a lista de antiguidade publicada anualmente.

Na abertura da sessão solene, o presidente da Câmara Municipal destacou a visão e legado de D. Dinis, ressalvando que a identidade cerveirense, apesar de muito antiga, mantém a sua riqueza através de uma forte ligação ao presente, recordando o Mestre José Rodrigues e as boas notícias em torno do desbloquear do impasse do Castelo de Cerveira.

Em dia de comemoração, o Município de Vila Nova de Cerveira decidiu destacar figuras, factos e momentos que sobressaíram no coletivo e “que impulsionam para o futuro brilhante e risonho que todos desejam”. “Este ano procuramos dar uma especial atenção às nossas empresas e empresários, motores do recente desenvolvimento concelhio pois, mesmo em contraciclo com o que se passa a nível nacional e mesmo internacional, as nossas empresas cresceram, mantiveram os postos de trabalho, consolidaram a economia e, no concelho do Alto Minho mais pequeno, em território e em população, mas enorme em alma e vontade, conseguiram colocá-lo nos primeiros lugares de importância no âmbito regional, através de um saldo altamente favorável nas importações e nas exportações e criando riqueza”, explicou Fernando Nogueira, referindo ainda que: “Graças a este empreendedorismo, Vila Nova de Cerveira tem registado ao longo dos últimos anos uma taxa de desemprego bastante abaixo da média nacional. Do universo de cerca de 40 empresas sedeadas no nosso perímetro industrial, estão aqui representadas 9 empresas e 2 empresários, e só essas são hoje responsáveis por 2600 postos de trabalho diretos, demonstrando bem a vitalidade da sua ação.

Sublinhando que “um concelho que não valoriza o seu passado é um concelho sem futuro”, o presidente da Assembleia Municipal afirmou que “felizmente, o nosso passado é repleto de muitos sucessos, onde muitos cerveirenses se distinguiram e distinguem nas mais variadas áreas”. Vitor Nelson Torres da Silva salientou ainda que “à distância de quase 7 séculos da atribuição do Foral por D. Dinis, pode dizer-se que Vila Nova de Cerveira é um concelho com bons níveis de desenvolvimento, com qualidade de vida, boas infraestruturas e paz social”.

O vasto programa de comemoração do Dia do Município, que encerrou com um encontro de grupo corais, no Cineteatro, contou uma vez mais com uma grande participação dos cerveirenses.

Lista de homenageados:

Medalha de Honra do Município atribuída à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira

Medalha Municipal de Mérito
Empresas
Grupo Antolin Lusitânia – Componentes Automóvel, SA
ZF – TRW
Brunswick Marine – EMEA Operations, Lda
Gestamp Cerveira, Lda
Ezpeleta Portugal – Móveis de Jardim Lda
Fundilusa – Fundições Portuguesas Lda e Ilhapor – Linhas de Transmissão e Propulsão Lda
João Pires Internacional Transportes, Lda
Tintex – Tinturaria Têxtil de Cerveira, SA
Pralisa – Produtos Alimentares e Pescas, SA

Empreendedorismo
Senhor Rui Gomes Carpinteira
Senhor Aristides Jesus Ramalhosa

Cidadania
Pintor Henrique Silva
Senhor Daniel Amorim Barbosa – A título Póstumo

Associativismo
Associação de Artesanato do Vale do Minho
Rancho Folclórico e Infantil de Gondarém

Menções Honrosas
Bruno Jorge Andrade Matos
José Rui Leal Romeu
Ana Filipa Conde Fernandes
Daniela Rego do Paço

Medalha Municipal de Serviço Público
56 funcionários